×

!Unsupported Browser

This site is not optimized for Internet Explorer. Please use another major browser like Chrome, Safari, Firefox, or Edge.

O Framework para o Setor privado

Visão Geral

As empresas são o principal grupo de usuários do Accountability Framework. Em resposta à necessidade de orientação clara e unificada para definir, implementar e medir o progresso no cumprimento dos compromissos de cadeia de fornecimento, o Framework oferece às empresas um “mapa de referência” bem definido para a jornada da cadeia de suprimento ética. Ao utilizar o Framework, as empresas podem assegurar que seus compromissos, atividades, sistemas de monitoramento e práticas de relato refletem as normas e as especificações comuns e pré-acordadas. Este é um modo efetivo para as empresas atingirem um consistente desempenho ambiental, social e de governança (ASG), bem como obter o reconhecimento em relação a isto por parte dos compradores, financiadores/investidores, grupos da sociedade civil, consumidores e outras partes interessadas.

As empresas são encorajadas a aplicarem o Framework na execução de funções e atividades específicas, relativas a cada uma das três etapas da jornada da cadeia de suprimento ética:

Defina os compromissos

  • Estabeleça novos compromissos de cadeia de suprimento ou revise e atualize os compromissos atuais
  • Aplique definições, metas e métricas comuns para vincular a política da empresa com normas aceitas
  • Especifique em detalhes os compromissos-chave relacionados à eliminação do desmatamento, proteção de outros ecossistemas naturais e respeito aos direitos humanos

Execute ações

  • Estabeleça sistemas da empresa efetivos para cumprir os compromissos
  • Avalie o risco e estabeleça a rastreabilidade
  • Gerencie a conformidade de fornecedores e os processos de melhorias
  • Estabeleça as novas explorações de forma responsável e gerencie a terra para salvaguardar ecossistemas naturais e direitos humanos
  • Implemente compromissos voluntários à medida que cumpre com os quadros legais pertinentes
  • Envolva-se em iniciativas na escala jurisdicional, setorial e de paisagem para cumprir os compromissos e demonstrar conformidade
  • Providencie remediação por danos anteriores a ecossistemas naturais, povos ou comunidades

Demonstre o progresso

  • Monitore e verifique a conformidade e o progresso de forma confiável e aceitável
  • Relate o progresso e os resultados relativos aos compromissos da empresa
  • Assumir reivindicações verossímeis relativas aos compromissos

Prestadores de Serviços

Além da utilização direta do Framework por si mesmas, as empresas podem buscar o suporte de prestadores de serviço na aplicação do Framework, durante a concepção e implementação de sistemas, processos e funções da empresa, em relação à implementação dos compromissos de cadeia de suprimento. Associações e plataformas das indústrias podem também utilizar o Framework ao estabelecer diretrizes, definições ou convenções comuns para seus membros, de forma que considerações sobre sustentabilidade possam ser integradas em cadeias de suprimento globais de maneira mais eficaz e com menores custos de transação.

Instituições Financeiras

A utilização do Framework pode também ajudar o setor financeiro (por exemplo, bancos e investidores) a instituir práticas responsáveis de empréstimos e investimentos, bem como a reduzir riscos ASG. As instituições financeiras (IFs) são encorajadas a utilizar o Framework como guia no estabelecimento de seus próprios compromissos e na análise, para referência comparativa, dos compromissos e desempenho de seus mutuários e beneficiários. O Framework também está colaborando a padronizar o relato e a avaliação de riscos, compromissos, práticas de implementação e resultados de cadeia de suprimento, em relação a desmatamento, conversão e direitos humanos, de modo que as IFs possam acessar dados mais confiáveis como subsídio na tomada de decisão sobre financiamentos responsáveis.

Esse trabalho está sendo realizado em colaboração com ferramentas e iniciativas inovadoras, que fornecem dados e orientação para finanças responsáveis – incluindo o CDP Forests, SCRIPT, Ceres e outros – visando promover a habilidade das IFs ao operar em concordância com o Accountability Framework.